Conecte-se conosco

Polícia

Marido que teve pênis decepado por mulher reata relacionamento e diz, “Eu a amo além da tragédia”

Publicado

em

O frentista Gilberto Nogueira de Oliveira, 39, aceitou reatar o relacionamento com Daiane dos Santos Farias, 34, que está presa por ter decepado o pênis do seu parceiro. O blog True Crime, de O Globo, teve acesso a uma carta que Gilberto escreveu perdoando Daiane e entrevistou o homem.

O caso aconteceu em São Paulo em dezembro do ano passado, quando Daiane descobriu que Gilberto estava tendo um caso com a sobrinha dele, de 15 anos.

Como vingança, a mulher usou uma navalha para decepar o pênis do companheiro e ainda jogou o membro na privada e deu descarga. Atualmente, ela está presa em um presídio de São Paulo.

Porém, os dois continuaram trocando cartas e Daiane se mostrou arrependida do que fez. Gilberto passou por várias cirurgias, mas segue em recuperação. Ele ganhou uma prótese peniana de presente de um urologista, mas aguarda a completa cicatrização dos ferimentos para passar pela implantação.

Em março, Gilberto começou a enviar cartas para Daiane contando as dificuldades que ele estava passando. A mulher pediu perdão e perguntou se ele queria retomar o relacionamento.

Em resposta, Gilberto diz que a perdoou e afirma que está disposto a voltar. Ele até se ofereceu para pagar as despesas da defesa de Daiane.

Para O Globo, Gilberto contou que ficou comovido com a situação de Daiane na prisão. Ele ainda disse que sua traição foi a origem de todos os problemas da família.

“Se não tivesse tido relações sexuais com a minha sobrinha no dia do aniversário da minha companheira, nada disso teria acontecido. Daiane é uma mulher maravilhosa, amorosa, que me ama. Ela não merecia ser traída dessa forma. Foi exposta para todo país. (…) Não me importo com o que os outros pensam. O que realmente importa é o que sinto por ela”, diz.

Na carta, ele fala mais. “Tenho consciência de que foi a partir desse deslize que a nossa desgraça começou. Assim como você, também acredito que tudo isso que estamos passando seja um propósito de Deus. Se pudesse, acredite em mim, eu trocaria de lugar com você, pois eu te amo muito além da tragédia que aconteceu em nossa vida”, escreveu.

“Tudo que desejo é que minha princesa saia da prisão totalmente livre e retorne para casa. Quando os portões da penitenciária se abrirem, estarei lá de braços abertos para recebê-la”, concluiu Gilberto.

Fonte: D24am

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

LÁZARO DE RONDÔNIA: Suspeito de matar dentista está há 11 dias foragido e Policia amplia buscas

Publicado

em

O suspeito de matar o dentista Clei Baggatini continua foragido, 11 dias após o crime. Para tentar localizar o suspeito, a polícia ampliou as buscas para distritos de Jaru e Governador Jorge Teixeira, a cerca de 400 km da cidade onde o crime aconteceu: Vilhena (RO).

De acordo com a polícia, barreiras foram montadas e vistorias acontecem nos veículos que circulam na região a fim de encontrar pistas da localização do suspeito, identificado como Maicon da Silva Raimundo. Ele possui passagem na polícia por outros crimes.

Centenas de policiais, cães farejadores e drones estão sendo usados nas buscas. As equipes de segurança mobilizaram também o apoio aéreo, por meio de um helicóptero, para tentar encontrar o suspeito, mas ainda não obtiveram sucesso.

Informações dos suspeitos podem ser repassadas através dos números:

Uma outra pessoa apontada como suspeita de participação no crime foi presa na última semana. Raqueline Leme Machado, de 35 anos, foi encontrada em Colorado do Oeste (RO), cerca de 80 quilômetros da cidade onde o crime aconteceu: Vilhena (RO).

A polícia não esclareceu qual seria a participação da suspeita no crime. O site entrou em contato com a defesa da suspeita, mas não recebeu retorno até a última atualização desta matéria.

Relembre o crime

Clei Bagattini — Foto: Reprodução/redes sociais

Clei Bagattini — Foto: Reprodução/redes sociais

Na manhã da sexta-feira (12) um paciente atirou contra o dentista durante uma consulta em Vilhena (RO). Depois do crime ele fugiu do local, antes da chegada da polícia. A vítima, Clei Bagattini, não resistiu aos ferimentos.

Imagens de câmeras de monitoramento e informações da secretaria do dentista apontam que o suspeito esteve duas vezes na clínica antes do crime: na primeira vez ele pediu para ser atendido especificamente por Clei e na segunda vez foi confirmar a consulta.

Fonte: Jaru Online

Continue lendo

Polícia

Entregador fica ferido em grave acidente no bairro Embratel em Porto Velho

Publicado

em

Um grave acidente entre um carro e uma moto resultou em um homem ferido na noite desta segunda-feira (22). O fato ocorreu no cruzamento das ruas José Camacho com João Pedro da Rocha, no bairro Embratel, em Porto Velho (RO).

De acordo com informações de testemunhas, o entregador, que puxava uma carretinha com vários garrafões de água, seguia no sentido contrário do veículo quando houve a colisão frontal. Com o forte impacto, o condutor da moto sofreu graves ferimentos e foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para a UPA Sul.

Os ocupantes do carro sofreram lesões leves. Policiais do Batalhão de Trânsito foram ao local e realizaram o registro da ocorrência.

Continue lendo

Polícia

Polícia Militar estoura “boca de fumo” e prende traficantes

Publicado

em

A Polícia Militar de Rondônia prendeu dois indivíduos suspeitos de tráfico de drogas no bairro Val Paraíso, 2º Distrito de Ji-Paraná, no fim da tarde deste domingo. A ação foi motivada por denúncias de que uma mulher estaria comercializando drogas e realizando entregas utilizando uma bicicleta.

Após intensificar o patrulhamento na região, uma guarnição de radiopatrulha do 2º BPM localizou a suspeita. Em conversa com os policiais, a mulher confirmou ser a mesma pessoa denunciada e entregou voluntariamente um recipiente contendo 20 “pedras” de uma substância que aparentava ser pasta base de cocaína.

A mulher revelou que possuía mais drogas em sua residência. No local, os policiais encontraram mais entorpecentes e a quantia de R$ 852,00 em notas de baixo valor, característica comum do tráfico de drogas no varejo. Ela também informou que parte do comércio era feito por encomenda telefônica, com pagamentos realizados via PIX. Além disso, ela revelou a identidade de seu fornecedor e mencionou que ele estava prestes a lhe fazer uma entrega de base de cocaína.

Pouco depois, o fornecedor chegou ao local em uma motocicleta. Ao perceber a presença da PM, ele tentou fugir, abandonando o veículo e iniciando uma fuga a pé enquanto se desfazia de 11 porções de pasta base. Após uma breve perseguição, ele foi imobilizado e preso, apesar de ter resistido.

Em conversa com os policiais, o fornecedor indicou que em sua residência no bairro Rondon havia mais drogas e uma arma de fogo. A guarnição foi ao local, onde encontraram a companheira do suspeito, que os levou até um revólver calibre 38 com cinco munições intactas e R$ 1.324,00 em notas de pequeno valor, possivelmente provenientes do tráfico. Além disso, foram encontradas 13 trouxinhas de maconha prontas para venda e vários aparelhos celulares.

Todos os envolvidos, juntamente com as drogas, objetos suspeitos e o veículo utilizado para as entregas, foram encaminhados à Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) para os procedimentos legais cabíveis.

Fonte: PMRO

Continue lendo

Trending