Conecte-se conosco

Esportes

Paquetá pode ser banido para sempre do futebol por acusação de envolvimento em apostas

Publicado

em

O meia Lucas Paquetá pode ser banido para sempre de futebol. O brasileiro está sendo investigado por estar envolvido em esquemas de apostas esportivas durante quatro partidas do Campeonato Inglês (Leicester em 2022 e Aston Villa, Leeds United e Bournemouth em 2023). A FA (Federação Inglesa) quer aplicar uma punição extraordinária ao jogador, fazendo com que ele não jogue mais, segundo o jornal inglês The Sun.

A nova investigação contra o jogador de 26 anos diz que “Paquetá foi deliberadamente advertido por fazer os seus amigos ganharem dinheiro”. O relatório da entidade indica que até 60 pessoas apostaram nos duelos a favor de cartões amarelos do atleta, gerando lucros estimados em mais de 100 mil euros. Os valores das apostas foram variados, entre sete e 400 libras, afirma o documento, sendo várias apostas sendo originárias do Rio de Janeiro.

Desde que a Federação Inglesa anunciou que reabriria o caso, Paquetá tem estado à disposição da entidade tentando cooperar e provar sua inocência após solicitar prorrogação para apresentar argumentos em sua defesa. A resolução do caso não deverá ser dada antes de seis meses.

Por conta da investigação, o Manchester City desistiu da contratação de Paquetá. Havia um negócio firmado entre o jogador, o West Ham e os atuais campeões da Premier League, que girava em torno de 88 milhões de euros, porém, com a reabertura do caso, os Citizens desistiram.

Paquetá está focado agora na disputa da Copa América com a Seleção Brasileira. Após muitas conversas entre CBF e a FA, a entidade brasileira decidiu manter o jogador na lista de convocados para o torneio. A Federação Inglesa garantiu que, no momento, não existe nenhuma liminar que proíbe o meia de atuar.

Esportes

Brasil e Colômbia se enfrentam hoje de olho na liderança do Grupo D

Publicado

em

A seleção brasileira de futebol entra em campo contra a Colômbia, na noite desta terça-feira (23), de olho na classificação às quartas de final da Copa América, nos Estados Unidos. O Brasil depende apenas de um empate no último duelo da fase de grupos para avançar na competição. Em caso de vitória, a seleção vira líder da chave D e terá o Panamá (segundo lugar no grupo C) como adversário nas quartas, escapando do Uruguai, primeiro colocado..Brasileiros e colombianos se enfrentam a partir das 22h (horário de Brasília), no Levi’s Stadium, na cidade de Santa Clara, na Califórnia.

Se por um lado a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior chega embalada para a terceira partida da Copa América, após desencantar com placar de 4 a 1 sobre o Paraguai na última sexta (28), do outro lado do campo estará a Colômbia, que ostenta uma invencibilidade de 25 jogos. Atual líder do Grupo D, a Colômbia tem seis pontos, obtidos com vitórias sobre o Paraguai (2 a 1 ) e Costa Rica (3 a 0). Já o Brasil soma quatro pontos (um empate sem gols contra a Costa Rica e a goleada contra o Paraguai).

O embate de hoje pode ter clima de revanche, após o revés brasileiro (2 a 1), em partida das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2026, em novembro do ano passado..Na ocasião, a seleção estava sob comando do técnico interino Fernando Diniz. 

Ciente do desafio que tem pela frente, o técnico Dorival Júnior fez suspense sobre os relacionados para o jogo desta noite, mas adiantou que não descartada mudanças no time.

“Tem alterações dentro da necessidade da partida. Nós estamos estudando bastante a equipe colombiana, aliás uma excelente equipe, vem tendo uma regularidade muito boa e alcançando resultados muito interessantes”, elogiou Dorival, durante coletiva de imprensa na segunda-feira (1º).

Quatro jogadores da seleção – Wendell, Éder Militão, Vinicius Júnior e Lucas Paquetá – não podem correr o risco de receber o segundo cartão amarelo na partida de hoje, caso contrário ficarão fora da partida das quartas de final.

“Não serão levados em conta [os cartões], vamos entrar com melhor formação possível para essa partida, independente da situação de cada um, queremos fazer nosso melhor e conquistar o melhor resultado possível”, garantiu o técnico.

Na última sexta (28),  Dorival levou a campo  Alisson; Danilo, Éder Militão (Gabriel Magalhães), Marquinhos e Wendell; João Gomes, Bruno Guimarães (Douglas Luiz) e Lucas Paquetá (Andreas Pereira); Vinicius Júnior., Savinho (Raphinha) e Rodrygo (Endrick).

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Esportes

Brasil enfrenta Paraguai em busca da primeira vitória na Copa América

Publicado

em

O Brasil enfrenta o Paraguai, a partir das 22h (horário de Brasília) desta sexta-feira (28) no Allegiant Stadium, em Las Vegas (Estados Unidos), pela segunda rodada do Grupo D da Copa América. Nesta partida, a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior busca a primeira vitória na competição.

Depois de empatar sem gols com a Costa Rica na estreia no principal torneio de seleções organizado pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), a seleção brasileira divide com os costarriquenhos a vice-liderança da chave com apenas um ponto. A liderança é ocupada pela Colômbia, que derrotou o Paraguai por 2 a 1 para somar seus três primeiros pontos.

Em entrevista coletiva realizada na última quinta-feira (27), o técnico Dorival Júnior afirmou que uma explicação para a baixa performance diante da Costa Rica pode ser o atual momento da seleção brasileira, de estabelecimento de um novo modelo de jogo: “O que gostaria de colocar é que temos que tentar entender tudo o que vem acontecendo com a seleção nos últimos tempos. É um momento de mudança, de transição. Não se faz uma equipe de um dia para o outro, ainda que tenhamos aqui jogadores que já tenham tido uma vivência, uma experiência dentro da seleção. Nós temos grandes jogadores nesse grupo, que têm que ter um tempo para encontrar uma maturação e, acima de tudo, um equilíbrio dentro da carreira que já se mostra brilhante para muitos deles. É um processo natural”.

Porém, o comandante do Brasil afirmou também que é necessário manter a tranquilidade mesmo com o empate na estreia da Copa América: “Agora é só ter tranquilidade, equilíbrio e confiança naquilo que se realiza. Se, a cada partida, gerarmos dúvidas em relação a tudo aquilo que está sendo feito, você acaba não saindo do lugar. Acho que estou nesse mundo aí já há algum tempo, com uma vivência suficiente, para poder entender tudo aquilo que se faz e aquilo que nós estamos fazendo. Para o bem da seleção brasileira”.

Apesar do empate na estreia, o técnico Dorival Júnior deu pistas, no decorrer da entrevista, que não deve deve fazer mudanças na equipe titular. Com isso o Brasil deve iniciar o confronto com: Alisson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Guilherme Arana; João Gomes, Bruno Guimarães e Lucas Paquetá; Vinicius Júnior, Raphinha e Rodrygo.

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Esportes

Três torcedores do Valencia são condenados a oito meses de prisão por ataques racistas a Vinícius Junior

Publicado

em

Três torcedores do Valencia foram condenados a oito meses de prisão na Espanha por ataques racistas a Vinícius Junior, em maio de 2023, no estádio Mestalla. Os envolvidos também foram punidos com a proibição de entrar em qualquer estádio de futebol por dois anos, além de multas.

Em postagem nas redes sociais, Vini Jr comemorou a prisão dos torcedores do Valencia:

– Muitos pediram para que eu ignorasse, outros tantos disseram que minha luta era em vão e que eu deveria apenas “jogar futebol”. Mas, como sempre disse, não sou vítima de racismo. Eu sou algoz de racistas. Essa primeira condenação penal da história da Espanha não é por mim. É por todos os pretos. Que os outros racistas tenham medo, vergonha e se escondam nas sombras. Caso contrário, estarei aqui para cobrar. Obrigado a La Liga e ao Real Madrid por ajudarem nessa condenação histórica. Vem mais por aí – escreveu o brasileiro.

O presidente da LaLiga, Javier Tebas, comemorou a condenação, a primeira deste tipo na história do futebol espanhol.

— Esta sentença é uma ótima notícia para a luta contra o racismo na Espanha, pois repara os danos sofridos por Vinicius Junior e envia uma mensagem clara para aquelas pessoas que vão a um estádio de futebol para insultar que a LaLiga irá detectá-los, denunciá-los e haverá consequências criminais — disse Tebas.

Torcedores condenados a prisão por racismo contra Vinicius Junior Vini Jr — Foto: Reprodução / Reuters

A volta ao Mestalla

Em março deste ano, Vinicius Junior voltou ao estádio Mestalla para novo confronto entre Valencia e Real Madrid. O brasileiro fez os dois gols dos visitantes no empate em 2 a 2. De acordo com relatório da LaLiga, Vinicius foi alvo da torcida do Valencia em pelo menos três momentos do confronto deste ano.

Logo aos oito minutos, fãs locais cantaram “Vinicius, que tonto você é” e “Vinicius, que ruim você é”. Depois, após ofensas contra o Real Madrid, a torcida Gritou “Tonto, tonto” e repetiu “Vinicius, que tonto você é” mais duas vezes, aos 23 minutos do primeiro tempo e aos cinco do segundo tempo.

Fonte: GE

Continue lendo

Trending