Conecte-se conosco

Polícia

Psicóloga é deixada morta pelo próprio filho na porta dos pais dela

Publicado

em

Amigos de Simone Nascimento vivem o misto de tristeza e angústia pela morte da psicóloga, encontrada morta na porta da casa dos pais, em Três Lagoas. Mensagens de homenagem mostram o quanto ela era doce, querida e deixou legado de “psicoamiga”.

“Bondosa, sempre com palavras doce, preenchendo o dia”, essas e tantas outras palavras foram escritas para descrever a mulher incrível que ela era.

“Deixou um legado de mão amiga e que podemos sim ser alguem na vida de alguém, como vc é , foi e sempre sera pra mim, me deu a mão em um momento tao terrivel da minha vida, te conheci num dia mal da minha vida, mas descobri um algo nesse mesmo dia e que foram dias de abraços conversas e uma amizade de paz e harmonia”, escreve a amiga.

“Minha psicóamiga preferida ,inacreditavel receber essa notícia cedo, mas sua missão foi encerrada aqui e seu que papai do ceu precisou de vc ao lado dele”, completou.

Amigos de faculdade também descreveram Simone como pessoa boa.

“Tive o prazer de conhecer a Simone durante a graduação, uma pessoa querida e que com certeza fará falta para todos que estavam à sua volta”, comenta outra colega.

A polícia civil de Três Lagoas e de Andradina, em São Paulo, investigam a morte da psicóloga ocorrida neste domingo (7). Segundo o filho, que a levou até a casa da avó materna em Andradina, ela teria pulado do carro e morrido em consequência dos ferimentos da queda.

A avó tentou ainda reanimar a filha ao ver o corpo de Simone sem vida no carro. Neste momento, o neto tentou fugir do local, mas foi impedido pelo avô, que chamou a polícia.

Ele foi detido pela polícia e está preso preventivamente na delegacia do município paulista. Segundo informações obtidas pelo site Fatos MS, com os familiares da vítima, o rapaz já teria apresentado três versões da morte da mãe, pois ele estaria com ela no momento da queda.

O fato pode ter ocorrido às 16 horas, mas ele só chegou com o corpo às 20 horas na casa da avó. Ele não pediu ajuda ao Samu (Serviço de Atendimento Médico Urgente) ou Corpo de Bombeiros, nem mesmo levado a mãe para tentar atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Três Lagoas ou mesmo em um dos hospitais do município.

A morte da psicóloga repercutiu nas redes sociais dos dois municípios. Ela trabalhava no hospital Cassems, em Três Lagoas, e a família é de Andradina. 

Simone completaria 47 anos no próximo dia 11 de abril. 

Fonte: Topmídia news

Polícia

LÁZARO DE RONDÔNIA: Suspeito de matar dentista está há 11 dias foragido e Policia amplia buscas

Publicado

em

O suspeito de matar o dentista Clei Baggatini continua foragido, 11 dias após o crime. Para tentar localizar o suspeito, a polícia ampliou as buscas para distritos de Jaru e Governador Jorge Teixeira, a cerca de 400 km da cidade onde o crime aconteceu: Vilhena (RO).

De acordo com a polícia, barreiras foram montadas e vistorias acontecem nos veículos que circulam na região a fim de encontrar pistas da localização do suspeito, identificado como Maicon da Silva Raimundo. Ele possui passagem na polícia por outros crimes.

Centenas de policiais, cães farejadores e drones estão sendo usados nas buscas. As equipes de segurança mobilizaram também o apoio aéreo, por meio de um helicóptero, para tentar encontrar o suspeito, mas ainda não obtiveram sucesso.

Informações dos suspeitos podem ser repassadas através dos números:

Uma outra pessoa apontada como suspeita de participação no crime foi presa na última semana. Raqueline Leme Machado, de 35 anos, foi encontrada em Colorado do Oeste (RO), cerca de 80 quilômetros da cidade onde o crime aconteceu: Vilhena (RO).

A polícia não esclareceu qual seria a participação da suspeita no crime. O site entrou em contato com a defesa da suspeita, mas não recebeu retorno até a última atualização desta matéria.

Relembre o crime

Clei Bagattini — Foto: Reprodução/redes sociais

Clei Bagattini — Foto: Reprodução/redes sociais

Na manhã da sexta-feira (12) um paciente atirou contra o dentista durante uma consulta em Vilhena (RO). Depois do crime ele fugiu do local, antes da chegada da polícia. A vítima, Clei Bagattini, não resistiu aos ferimentos.

Imagens de câmeras de monitoramento e informações da secretaria do dentista apontam que o suspeito esteve duas vezes na clínica antes do crime: na primeira vez ele pediu para ser atendido especificamente por Clei e na segunda vez foi confirmar a consulta.

Fonte: Jaru Online

Continue lendo

Polícia

Entregador fica ferido em grave acidente no bairro Embratel em Porto Velho

Publicado

em

Um grave acidente entre um carro e uma moto resultou em um homem ferido na noite desta segunda-feira (22). O fato ocorreu no cruzamento das ruas José Camacho com João Pedro da Rocha, no bairro Embratel, em Porto Velho (RO).

De acordo com informações de testemunhas, o entregador, que puxava uma carretinha com vários garrafões de água, seguia no sentido contrário do veículo quando houve a colisão frontal. Com o forte impacto, o condutor da moto sofreu graves ferimentos e foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para a UPA Sul.

Os ocupantes do carro sofreram lesões leves. Policiais do Batalhão de Trânsito foram ao local e realizaram o registro da ocorrência.

Continue lendo

Polícia

Polícia Militar estoura “boca de fumo” e prende traficantes

Publicado

em

A Polícia Militar de Rondônia prendeu dois indivíduos suspeitos de tráfico de drogas no bairro Val Paraíso, 2º Distrito de Ji-Paraná, no fim da tarde deste domingo. A ação foi motivada por denúncias de que uma mulher estaria comercializando drogas e realizando entregas utilizando uma bicicleta.

Após intensificar o patrulhamento na região, uma guarnição de radiopatrulha do 2º BPM localizou a suspeita. Em conversa com os policiais, a mulher confirmou ser a mesma pessoa denunciada e entregou voluntariamente um recipiente contendo 20 “pedras” de uma substância que aparentava ser pasta base de cocaína.

A mulher revelou que possuía mais drogas em sua residência. No local, os policiais encontraram mais entorpecentes e a quantia de R$ 852,00 em notas de baixo valor, característica comum do tráfico de drogas no varejo. Ela também informou que parte do comércio era feito por encomenda telefônica, com pagamentos realizados via PIX. Além disso, ela revelou a identidade de seu fornecedor e mencionou que ele estava prestes a lhe fazer uma entrega de base de cocaína.

Pouco depois, o fornecedor chegou ao local em uma motocicleta. Ao perceber a presença da PM, ele tentou fugir, abandonando o veículo e iniciando uma fuga a pé enquanto se desfazia de 11 porções de pasta base. Após uma breve perseguição, ele foi imobilizado e preso, apesar de ter resistido.

Em conversa com os policiais, o fornecedor indicou que em sua residência no bairro Rondon havia mais drogas e uma arma de fogo. A guarnição foi ao local, onde encontraram a companheira do suspeito, que os levou até um revólver calibre 38 com cinco munições intactas e R$ 1.324,00 em notas de pequeno valor, possivelmente provenientes do tráfico. Além disso, foram encontradas 13 trouxinhas de maconha prontas para venda e vários aparelhos celulares.

Todos os envolvidos, juntamente com as drogas, objetos suspeitos e o veículo utilizado para as entregas, foram encaminhados à Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) para os procedimentos legais cabíveis.

Fonte: PMRO

Continue lendo

Trending