Conecte-se conosco

Geral

Governo começa a pagar quarta parcela do programa Pé-de-Meia para estudantes da rede pública

Serão depositados R$ 200 até 1º de julho, conforme mês de nascimento

Publicado

em

Os estudantes do ensino médio da rede pública, beneficiados pelo programa Pé-de-Meia, começam a receber a quarta parcela do incentivo, de R$ 200, a partir desta quarta-feira (26). O pagamento é referente à frequência às aulas no mês de abril. 

A chamada poupança do ensino médio será depositada até 1º de julho, conforme o mês de nascimento do aluno, na conta aberta automaticamente pela Caixa Econômica Federal, em nome do estudante.

Veja o calendário de pagamento da quarta parcela: 

26 de junho: para nascidos em janeiro, fevereiro e março;

27 de junho: para nascidos em abril, maio e junho;

28 de junho: para nascidos em julho, agosto e setembro; 

1º de julho: para nascidos em outubro, novembro e dezembro.

Depósitos

Os depósitos do Pé-de-Meia são feitos em contas digitais abertas automaticamente pela Caixa em nome dos participantes do programa. 

Caso o aluno contemplado tenha menos de 18 anos, é necessário que o responsável legal o autorize a movimentar o valor. Esse consentimento poderá ser feito em uma agência bancária da Caixa ou pelo aplicativo Caixa Tem, disponível para smartphones. Basta o responsável escolher a opção “Programa Pé-de-Meia” – “Permitir acesso a um menor”.

No aplicativo Caixa Tem, se o responsável legal for o pai ou a mãe, será necessário fazer o upload do RG do estudante. Se o responsável legal não for um dos pais do aluno, a autorização deve ser dada em uma agência da Caixa. 

Se o estudante for maior de idade, a conta já estará desbloqueada para movimentação do valor recebido, como sacar o dinheiro.

A chamada poupança do ensino médio pode ser movimentada pelos seguintes canais: app Caixa Tem, caixas eletrônicos da Caixa, lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, com uso de saque digital com cartão da conta. Em caso de dúvidas, basta acessar os canais digitais do Ministério da Educação (MEC) ou o aplicativo Jornada do Estudante.

Pé-de-Meia

Com o programa federal Pé-de-Meia, o MEC pretende democratizar o acesso e reduzir a desigualdade social entre os jovens do ensino médio, além de promover mais inclusão social pela educação, estimulando a mobilidade social.

O programa foi instituído pela Lei nº 14.818/2024 e prevê o pagamento de incentivo à matrícula no valor de R$ 200, pago em uma parcela anual. O incentivo à frequência mensal é de R$ 200, que pode ser sacado a qualquer momento, e é pago em nove parcelas. Por ano, o total será de R$ 1,8 mil. Em 2024, excepcionalmente, serão pagas oito parcelas do incentivo.

Adicionalmente, ao final de cada ano letivo do ensino médio concluído será realizado o depósito do Incentivo Conclusão no valor de R$ 1 mil, totalizando R$ 3 mil. O valor fica retido e somente poderá ser sacado da poupança após a conclusão dos três anos do ensino médio.

A participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) gera a parcela única adicional de R$ 200.

Se consideradas todas as parcelas de incentivo, os depósitos podem chegar a R$ 9,2 mil por aluno.

arte poupança ensino médio, pé-de-meia

Programa Pé-de-Meia – Arte/Agência Brasil

Quem pode participar?

O Pé-de-Meia é destinado a estudantes matriculados no ensino médio da rede pública de ensino de qualquer parte do país. Não é necessário fazer inscrição no programa. Para participar, é necessário que o estudante cumpra os seguintes requisitos:

pertencer a família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);

ter inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);

ter idade entre 14 a 24 anos e estar matriculado no ensino médio regular das redes públicas;

ter idade entre 19 e 24 anos e estar matriculado na educação de jovens e adultos (EJA), participante do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

ter o mínimo 80% de frequência escolar;

ter concluído o ano letivo com aprovação;

ter participação de exames obrigatórios.

Em caso de dúvidas, basta acessar os canais digitais do MEC, o site do programa ou o aplicativo Jornada do Estudante.   

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Família perde tudo em incêndio e pede ajuda para recomeçar

Publicado

em

Um incêndio devastador destruiu a casa de uma família no bairro Mariana, em Porto Velho, Rondônia. O incidente ocorreu por volta das 11h30, deixando os moradores em estado de choque.

Lucas Erickson Alves que morava no local, relatou que sua esposa e filhos estavam em casa durante o incêndio, mas felizmente ninguém se feriu. No entanto, eles perderam todos os seus pertences acumulados ao longo dos anos.
 
A família de Lucas agora enfrenta o desafio de reconstruir suas vidas a partir do zero.

VEJA O VÍDEO

Quem quiser ajudar a família pode entrar em contato pelo telefone (69) 99203-0705. A solidariedade da comunidade será essencial para ajudar essa família a se reerguer após essa tragédia.

Continue lendo

Geral

Idep abre inscrições para cursos profissionalizantes presenciais em Porto Velho

Publicado

em

Estão abertas, até o dia 25 de julho, as inscrições para cursos profissionalizantes presenciais que o Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional (Idep) oferta em Porto Velho.  O candidato pode se inscrever acessando a página da instituição de ensino, através do  link https://rondonia.ro.gov.br/publicacao/cursos-presenciais-formacao-inicial-e-qualificacao-profissional-inscricoes-abertas-15-7-a-25-7/

As aulas serão ministradas na sede da Escola Técnica Estadual (Etec) do Idep, e nos polos Orlando Freire e Flora Calheiros. A idade mínima exigida para participar é 15 anos, com escolaridade mínima do ensino fundamental II.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha salientou que, a realização de cursos em pontos estratégicos da Capital segue o cronograma estabelecido pelo governo para cumprir as metas do Planejamento Estratégico da gestão estadual, que prioriza entre as políticas públicas, a democratização do ensino profissionalizante. “Para ampliar a educação profissional no estado estão sendo oferecidos regulamente cursos profissionalizantes nos municípios, tendo em vista a necessidade de seguir com o cronograma voltado ao fortalecimento da qualificação da mão de obra, visando o desenvolvimento econômico e social.”

NOVOS CONHECIMENTOS

Com a expansão do ensino profissionalizante em Rondônia, muitos trabalhadores, inclusive empreendedores, estão buscando novos conhecimentos para acompanhar as tendências do mercado de trabalho. A moradora do Bairro Novo Horizonte, na zona Sul de Porto Velho, Áquila Lacerda de Souza, 30 anos, decidiu fazer o Curso de Tranças na Escola Móvel de Imagem Pessoal para oferecer mais serviços no salão de beleza que abriu há sete anos. “Muitas clientes se interessam em fazer tranças e eu convidava outros profissionais para o atendimento. Agora com o aprendizado, eu mesma vou atender”, comemorou a estudante, ressaltando que o estilo de penteado é um dos mais procurados pelo público do seu empreendimento.

Segundo a presidente do Idep, Adir Josefa de Oliveira, além de oportunizar a requalificação de quem já está na ativa, o ensino profissionalizante garante a inserção no mercado de trabalho para quem está iniciando a carreira profissional. “Os cursos que estão com inscrições abertas apresentam como idade mínima para se inscrever 15 anos, sendo, portanto, uma oportunidade também para os adolescentes se capacitarem”, pontuou.

CURSOS OFERTADOS 

Polo Orlando Freire

  • Auxiliar administrativo;
  • Atendimento ao Público;
  • Monitor de Turismo;
  • Recepcionista de Eventos;
  • Norma Regulamentadora – NR 10 (Segurança em Instalação e Serviço de Eletricidade).

Polo Flora Calheiros

  • Trabalho em Altura – NR 35;
  • Assistente de Vendas;
  • Assistente de Recursos Humanos.

Sede Etec

  • Espanhol Básico.

Fonte: Secom

Continue lendo

Geral

Prova do Revalida para médicos ocorre neste final de semana

Publicado

em

As provas da 2ª etapa do Revalida de 2024 ocorrem neste sábado (20) e domingo (21). O acesso aos locais de prova do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) foi liberado a partir das 11h de hoje e será liberado a partir das 15h no domingo.

As provas têm início após o fechamento dos portões, previsto para 12h e 16h, respectivamente. O participante deve, obrigatoriamente, portar jaleco (preferencialmente na cor branca). 

O exame é utilizado para a revalidação dos diplomas de médicos, tanto estrangeiros quanto brasileiros, que se formaram no exterior e querem atuar no Brasil.

Composto por duas etapas (teórica e prática), o Revalida aborda as cinco grandes áreas da medicina, de maneira interdisciplinar: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

A participação na segunda etapa depende da aprovação na primeira, que contempla as provas objetiva e discursiva. Para serem aprovados na segunda etapa, os participantes precisam obter, no mínimo, 64,277 pontos de 100.

Os aprovados na segunda etapa passarão ainda pelo exame de habilidades clínicas é estruturada em um conjunto de 10 estações, na qual o participante deverá realizar tarefas específicas das cinco grandes áreas.

O objetivo do Revalida é avaliar habilidades, competências e conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do SUS. 

Para mais informações, o participante deve consultar a página do Inep na internet

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Trending